ESCRITA ALFABÉTICA: MÉTODOS DE ENSINO E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO

Autores

  • Ana Cristina Sousa Xavier
  • Neide Brito Cunha

DOI:

https://doi.org/10.47249/rba.2017.v1.235

Palavras-chave:

Escrita. Ensino Fundamental. Alfabetização. Avaliação.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo expor uma revisão de literatura e um levantamento de pesquisas sobre a Escrita Alfabética, devido a sua importância para o sucesso do aprendizado escolar. Para tanto foram expostos os aspectos de formação da língua escrita como a utilização dos símbolos, a formação lexical, a extensão das palavras, a complexidade silábica e os aspectos de consciência fonológica. Do ponto de vista histórico foram abordados os métodos de alfabetização utilizados a partir 1880 até o período em que ocorreu a chamada “desmetodização”. Acrescentou-se também a este trabalho um levantamento de dados bibliográficos que possibilitou apresentar os instrumentos de avaliação da escrita mais utilizado no Brasil no período de 1996 a 2017, sendo que é possível apontar atividades comuns a estes instrumentos, a saber: o ditado, a hipótese de escrita e a redação.

Referências

ABAURRE, M. B. M.; SILVA, A. O desenvolvimento de critérios de segmentação na escrita. Temas em Psicologia, Ribeirão Preto, v. 1, n. 1, p. 89-102, abr. 1993.

Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X1993000100011>. Acesso em: 29 de abr. de 2017.

ANGELO, C. M. P.; ZANINI, M.; MENEGASSI, R. J. O ensino de língua portuguesa numa perspectiva interacionista. Revista UNILETRAS, Universidade Estadual de Ponta Grossa, Ponta Grossa - PR, n. 26, p.79-98, dez. 2004. Disponível em: <http://www.escrita.uem.br/escrita/pdf/cmpangelo.pdf>. Acesso em: 4 de julho de 2017.

BATISTA, A. A. G. et al. Capacidades da Alfabetização. Belo Horizonte: CEALE/ FAE/ UFMG, 2005.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa. Brasília: MEC/ SE, 1997. Disponível em: ˂http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro02.pdf˃ Acesso em: 22 de abr. de 2017.

CARVALHO, F. B.; CRENITTE, P. A. P.; CIASCA, S. M. Distúrbios de aprendizagem na visão do professor. Revista Psicopedagogia, v. 24, n.75. 2007. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862007000300003>. Acesso em: 25 de jul. de 2017.

DEHAENE, S. Os neurônios da leitura: como a ciência explica nossa capacidade de ler. Porto Alegre: Penso, 2012.

FERREIRO, E.; TEBEROSKY, A. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1999.

FERREIRO, E.Reflexões sobre a alfabetização. São Paulo: Cortez, 2011.

FONSECA, V. Dificuldades de aprendizagem: Abordagem neuropsicopedagógica. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2016.

FONSECA, V.; MENDES, N. Escola, escola quem és tu? Perspectivas psicomotoras no desenvolvimento humano. Lisboa: Editorial Notícias, 1987.

KAUARK, F. S.; SILVA, V. A. S. Dificuldades de aprendizagem nas séries iniciais do ensino fundamental e ações psico & pedagógicas. Revista Psicopedagogia, São Paulo, v. 25, n. 78, 2008. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862008000300009>. Acesso em: 16 de jul. de 2017.

KOCH, I. G. V. Desvendando os segredos do texto. São Paulo: Cortez, 2002.

LEMLE, M. Guia teórico do alfabetizador. São Paulo: Ática, 2004.

LEÓN, C. B. R. et al. Como avaliar a escrita? Revisão de instrumentos a partir das pesquisas nacionais. Revista psicopedagogia, São Paulo, v. 33, n. 102, p. 331-345. 2016. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psicoped/v33n102/11.pdf>. Acesso em: 25 de jun. de 2017.

MENDONÇA, O. S. Percurso Histórico dos Métodos de Alfabetização. Caderno de formação: formação de professores didática dos conteúdos. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011. v. 2, p. 23-35. Disponível em: <https://acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/40149/1/Caderno_Formacao_bloco2_vol2.pdf>. Acesso em: 4 de ago. de 2017.

MOOJEN, S. CONFIAS: Consciência Fonológica: Instrumento de Avaliação Sequencial. 3. ed. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2014.

MORTATTI, M. R. L História dos métodos de alfabetização no Brasil, 2006. Disponível em: http://smec.salvador.ba.gov.br/site/documentos/espaco-virtual/espaco-alfabetizar-letrar/lecto-escrita/artigos/historia%20dos%20metodos%20de%20alfabetizacao%20no%20brasil.pdf>. Acesso em: 25 de nov. de 2017.

______. Cartilha de alfabetização e cultura escolar: Um pacto secular. Cadernos Cedes, n. 52, p. 41-54, nov. 2000. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v20n52/a04v2052>. Acesso em: 27 de jan. de 2017.

______. Alfabetização no Brasil: conjecturas sobre as relações políticas públicas e seus sujeitos. Revista Brasileira de Educação, v. 15, p. 329-410, 2010. Disponível em: ˂http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v15n44/v15n44a09.pdf˃. Acesso em: 28 de out. de 2016.

SALLES, J.F.; PARENTE, M. A. M. P. Avaliação da Leitura e Escrita de Palavras em Crianças de 2ª Série: Abordagem Neuropsicológica Cognitiva. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 20, n. 2, 2007. Disponível em: <http://www.redalyc.org/html/188/18820207/>. Acesso em: 25 de jun. de 2017.

SALLES, J. F.; PARENTE, M. A. M. P.; FREITAS, L. B. L. Leitura/escrita de crianças: comparações entre grupos de diferentes escolas públicas. Paidéia, Ribeirão Preto, v. 20, n. 47, 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-863X2010000300006>. Acesso em: 25 de jun. de 2017.

SEABRA. G. A.; DIAS, N. M. Métodos de alfabetização: delimitação de procedimentos e considerações para uma prática eficaz. Revista Psicopedagogia, São Paulo, v. 28, n. 87, 2011. Disponível em: ˂http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862011000300011˃. Acesso em: 28 de out. de 2016.

SOARES, M. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Revista Brasileira de Educação, n. 25, p. 5-17, 2004.

STIVANIN, L.; SCHEUER, C. I. Tempo de latência para a leitura: influência da frequência da palavra escrita e da escolarização. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, São Paulo, v. 12, n. 3, 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-80342007000300008>. Acesso em: 16 de jul. de 2017.

SUEHIRO A. C. B.; CUNHA, N. B.; SANTOS, A. A. A. Avaliação da Escrita no contexto escolar entre 1996 a 2005. PSIC - Revista de Psicologia da Vetor Editora, São Paulo, v. 8, n. 1, p. 61-70. 2007. Disponível em: ˂http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psic/v8n1/v8n1a08.pdf˃. Acesso em: 25 de jun. de 2017

Publicado

2018-01-16

Como Citar

Sousa Xavier, A. C., & Brito Cunha, N. (2018). ESCRITA ALFABÉTICA: MÉTODOS DE ENSINO E INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO. Revista Brasileira De Alfabetização, 1(6). https://doi.org/10.47249/rba.2017.v1.235

Edição

Seção

TEMA LIVRE