APONTAMENTOS SOBRE O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NA EJA:

RELATOS DE ALUNOS E PROFESSORES

Autores

  • Verônica Barbosa Andrade Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Naviraí (UFMS/CPNV).
  • Vivianny Bessão de Assis Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Naviraí (UFMS/CPNV).

Palavras-chave:

EJA, Alfabetização e Letramento, Dificuldades de aprendizagem.

Resumo

O presente estudo teve por objetivo entender as possíveis necessidades e expectativas dos adultos no processo de alfabetização e letramento na Educação de Jovens e Adultos (EJA). O estudo baseou-se em pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo de natureza qualitativa em duas escolas na região sul do estado de Mato Grosso do Sul (MS), por meio de entrevistas semiestruturadas e questionários entregues a duas professoras que atuam na 1a e na 2a fases do ciclo de alfabetização da EJA, bem como aos alunos acima de 35 anos que frequentavam essas duas escolas. Os resultados da pesquisa indicam que os adultos progredirem nas etapas da EJA sem o devido domínio da leitura e da escrita. Com isso, suas expectativas com a alfabetização não são atendidas.

Biografia do Autor

Verônica Barbosa Andrade, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Naviraí (UFMS/CPNV).

Possui graduação em pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Câmpus Naviraí (CPNV). Especialização em Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EPCT). Atua como professora da educação básica do município de Naviraí, integrante do grupo de pesquisa GEPPETE – Grupo de Estudos e Pesquisas em Prática Educativa e Tecnologia Educacional.

Vivianny Bessão de Assis, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Câmpus de Naviraí (UFMS/CPNV).

Professora do curso de Pedagogia da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Campus de Naviraí-MS), Líder da linha História da Educação, Memória e Literatura Infantil, do Grupo de Estudo e Pesquisa em Práticas Educativas Tecnologia Educacional (GEPPETE). Doutora em Educação pela Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) da Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus de Marília (SP) (2016) (Bolsa CAPES). Mestre em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), campus de Três Lagoas (MS) (2009) (Bolsa CAPES). Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), campus de Três Lagoas (MS). Integrante, desde 2012, do GPHELLB - Grupo de Pesquisa História do Ensino de Língua e Literatura no Brasil e integrante da equipe executora do Projeto Integrado de Pesquisa História do Ensino de Língua e Literatura no Brasil, coordenado Maria do Rosário Longo Mortatti. Atua nas áreas de História da Educação; História da literatura infantil e juvenil; Poesia; Alfabetização e Letramento.

 

Referências

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith; GEWANDSZNAJDER, Fernando. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. In: O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira, 2008. p. 148-178.

BRASIL. CÂMARA DOS DEPUTADOS. Decreto nº 91.980, de 25 de novembro de 1985. Disponível em: http: . Acesso em: 22 ago. 2018.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03constituicao/constituicaocompilado.htm >. Acesso em: 25 set. 2017.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei número 9.394, 20 de dezembro de 1996. Disponível em: <http://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_led.pdf>. Acesso em: 09 out. 2017.

COSSON, Rildo. Letramento político: trilhas abertas em um campo minado. E-Legis-Revista Eletrônica do Programa de Pós-Graduação da Câmara dos Deputados, v. 7, n. 7, p. 49-58, 2011.

DA CRUZ, Neilton Castro; VIANA, Maria José Braga. Apropriação de estratégias como forma de superar obstáculos: trajetórias ininterruptas de estudantes da EJA no ensino fundamental. Revista Nupex em Educação, v. 1, n. 1, 2016. Disponível em: <http://revistas.uneb.br/index.php/nupex/article/view/2259/1574>. Acesso em 23 nov. 2018.

Escola Marechal Rondon. Gerência Municipal de Educação Cultura e Esportes (GEMED). 2ª fase da EJA, 2016.

FREIRE, Paulo; MACEDO, Donaldo. Alfabetização: leitura da palavra leitura do mundo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensina. São Paulo: Olho d’ Água, 2009.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. 5 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

GADOTTI, Moacir. 50 anos depois: como reverter o golpe na Educação Popular. CÂMARA DOS DEPUTADOS – COMISSÃO DE EDUCAÇÃO. Audiência Pública sobre Os reflexos do golpe militar na educação brasileira. Brasília, 2014. Disponível em: <http://gadotti.org.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/421/AMG_PUB_02_051.pdf?sequence=2&isAllowed=y>. Acesso em: 21 nov. 2018.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HADDAD, Sérgio; DI PIERRO, Maria Clara. Escolarização de jovens e adultos. Revista Brasileira de Educação, n. 14, p. 108-194, 2000. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n14/n14a07>. Acesso em: 09 set. 2017.

KORNIS. Mônica Almeida. Centro Popular de Cultura. Fundação Getúlio Vargas FGV-CPDOC. São Paulo, 2018. Disponível em: <https://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/Jango/artigos/NaPresidenciaRepublica/Centro_Popular_de_Cultura>. Acesso em: 23 nov. 2018.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003. Disponível em: <https://docente.ifrn.edu.br/olivianeta/disciplinas/copy_of_historia-i/historia-ii/china-e-india>. Acesso em: 28 ago. 2018.

MENGA, Lüdke; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, v. 986, p. 99, 1986. Disponível em: <https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4091392/mod_resource/content/1/Lud_And_cap3.pdf>. Acesso em: 28 ago. 2018.

MOURA, Maria da Glória Carvalho. Educação de Jovens e Adultos: que Educação é essa. Revista Linguagens, Educação e Sociedade, Teresina, ano 12, n. 16, p. 51¬-64, jan./jun. 2007. Disponível em: <http://leg.ufpi.br/subsiteFiles/ppged/arquivos/files/Revista/N%2016/art_4.pdf>. Acesso em: 15 ago. 2017.

PINTO, Álvaro Vieira. Sete lições sobre educação de adultos. 16. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

MEB - Movimento de Educação de Base: Saber, viver e lutar. Disponível em: <http://www.meb.org.br/quem-somos/>. Acesso em: 23 nov. 2018.

SOARES, Magda. As muitas facetas da alfabetização. In:______. Alfabetização e letramento. 6. ed. São Paulo: Contexto, 2011.

SOARES, Magda. Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita-CEALE, Glossário. Universidade Federal de Mato Grasso do Sul-UFMG. Disponível em: <http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/universidade/universidade-federal-de-minas-gerais-ufmg-faculdade-de-educacao-centro-de-alfabetizacao-leitura-e-escrita-ceale>. Acesso em: 14 dez. 2018.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 4. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.

Publicado

2020-07-27

Como Citar

Andrade, V. B., & de Assis, V. B. (2020). APONTAMENTOS SOBRE O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NA EJA: : RELATOS DE ALUNOS E PROFESSORES. Revista Brasileira De Alfabetização, (12), 140-157. Recuperado de http://revistaabalf.com.br/index.html/index.php/rabalf/article/view/285

Edição

Seção

TEMA LIVRE