A ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA (1990 A 2005)

Autores

  • Fernanda Afonso Bernardes Prefeitura de Uberlândia
  • Sonia Maria dos Santos UFU

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos, Alfabetização, Metodologia, Currículo.

Resumo

Os processos de alfabetização na Educação de Jovens e Adultos no município de Uberlândia- MG orientam e direcionam nossa investigação no sentido de se somar a tantas outras que têm como preocupação contribuir para os registros da história da alfabetização na educação brasileira, nesse caso especificamente voltada para Jovens e Adultos. Dessa forma, pretendemos analisar os processos de alfabetização desenvolvidos, especificamente na Rede Municipal do município de Uberlândia- MG.

O questionamento sobre a qualidade da educação brasileira reforça a importância de discussões e pesquisas que tratem sobre as especificidades que a modalidade da EJA exige, como por exemplo: metodologia e currículos próprios, respeito ao tempo de aprendizagem, profissionais qualificados para atender esse perfil, e principalmente, desvelar qual a concepção de alfabetização e educação presentes na EJA.

Referências

ARROYO, Miguel G. Fracasso/Sucesso: um pesadelo que perturba nossos sonhos. Em Aberto, Brasília, v.17, n.71, p.33-40, jan. 2000.

______. A educação de jovens e adultos em tempos de exclusão. Alfabetização e Cidadania, São Paulo, n. 11, p. 9-20, 2001.

BRANDÃO, Zaia et al. O estado da arte da pesquisa sobre evasão e repetência no ensino de 1o grau no Brasil. In: Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 64, no 147, maio/ agosto 1983, p. 38-69.

BRASIL. Constituição Federal de 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/cci- vil_03/constituicao/emendas/emc/emc14.htm>. Acesso em: 12 abr. 2019.

______. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 1996a. Disponível em: http:// www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm>. Acesso em: 24 jun. 2019.

______. Lei 9.424/96, de 24 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 de dezembro de 1996. 1996b. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/ Leis/L9424.htm>. Acesso em: 24 jun. 2019.

______. Parecer n° 11/2000: Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação de Jovens e Adultos, de 7 de junho de 2000. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 2000. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/secad/arquivos/pdf/eja/legislacao/parecer_11_2000.pdf>. Acesso em: 12 jun. 2019.

FONSECA, M. A formação do professor na ótica internacional. (CDRom) Anais do X Endipe, Rio de Janeiro, 2000, 9 p.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

GUARATO, Mônica. A alfabetização de adultos: a experiência do MOBRAL no município de Uberlândia (1971-1985). 2001. 163 p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2001.

MOURA, Tânia Maria de Melo. A prática pedagógica dos alfabetizadores de Jovens e Adul- tos: contribuições de Freire, Ferreiro e Vygotsky. Maceió: EDUFAL, 1999.

ROCHA, Juliana Andrades. Políticas Públicas para a Educação de Jovens e Adultos em Uberlândia-MG (1990-2008). 131 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Catalão, 2016.

SILVA FILHO, Raimundo Barbosa. Formação pedagógica de educadores da Educação Superior: Algumas implicações. Educação por Escrito, PUCRS, v. 4, n. 1, jul. 2013.

VIEIRA, Maria Clarisse. Memória, História e Experiência: Trajetória de Educadores de Jovens e Adultos no Brasil. 2006. 383 f. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2006.

Publicado

2020-03-25

Edição

Seção

DOSSIÊ