A CHEGADA DO HOMEM À LUA E A PRODUÇÃO DO PRÉ-LIVRO CÉU AZUL (RIO GRANDE DO SUL, EDITORA TABAJARA, 1970)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47249/rba2021490

Palavras-chave:

Pré-livro, método global de contos, ilustrações, Céu Azul, homem na Lua

Resumo

Este artigo resultou de um estudo do pré-livro Céu Azul, de coautoria das professoras gaúchas Rosa M. Ruschel e Flávia E. Braun e que foi publicado, em 1970, pelas Edições Tabajara, do Rio Grande do Sul. A análise foi baseada na perspectiva da iconografia e da iconologia, uma vez que o foco são as ilustrações de Céu Azul. Para tanto, os autores de referência são Panofsky (1986); Burke (2004; 2017); Ramil (2018). A narrativa do pré-livro – textos e ilustrações – faz referência a um dos acontecimentos mais marcantes da história da humanidade, ocorrido em 20 de julho de 1969: a chegada do homem à Lua. Como resultados principais, identificou-se o uso de ilustrações originais, de releituras de imagens da época, associadas ao método global de contos. Destaca-se, também, que, como um artefato de seu tempo, Céu Azul revela as relações entre o mercado editorial didático, a sala de aula, os acontecimentos sociais, culturais, políticos e tecnológicos de um determinado momento e as intencionalidades pedagógicas.

Biografia do Autor

Chris de Azevedo Ramil, Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Professora dos Cursos de Design Gráfico, Design Digital e Artes Visuais do Centro de Artes da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas (PPGE/FaE/UFPel) (04/2018), com Bolsa CAPES de 2014 a 2018. Bolsista CAPES de Doutorado-Sanduíche (PDSE) em Madri/Espanha, no Centro de Investigación MANES (Manuales Escolares)/Facultad de Educación - UNED (de 04 a 07/2017), com estância de pesquisa também em outras instituições nesse período, tais como o CEINCE (Centro Internacional de la Cultura Escolar), em Berlanga del Duero/Sória e o Museo/Laboratorio de Historia de la Educación Manuel Bartolomé Cossio/Universidad Complutense de Madrid - UCM. Mestre em Educação pelo PPGE/FaE/UFPel (03/2013), com Bolsa CAPES de 2011 a 2013, Bacharel em Artes Visuais - Hab. em Design Gráfico pela Universidade Federal de Pelotas (2002), Licenciada em Artes - Hab. em Artes Visuais pela Universidade Federal de Pelotas (2002) e Técnica em Desenho Industrial pela Escola Técnica Federal de Pelotas (1996). Tem experiência nas áreas de Design Gráfico e Artes Visuais, com ênfase em Design Editorial, atuando profissionalmente nas cidades de Pelotas/RS e Barcelona/Espanha. Foi professora substituta do Curso de Artes Visuais - Hab. em Design Gráfico do Instituto de Artes e Design da UFPel no 2º semestre de 2008. De 08/2009 a 03/2011 atuou como diagramadora na equipe de Editoria de Arte do Jornal Diário Popular de Pelotas/RS. Foi professora-pesquisadora da equipe multidisciplinar do NPTE-UAB/IFSul, na equipe de design gráfico, de 2013 a 2014. É coordenadora adjunta do Centro de memória e pesquisa Hisales - História da Alfabetização, Leitura, Escrita e dos Livros Escolares (FaE/UFPel), do qual faz parte desde 2011. É editora adjunta da Revista História da Educação - RHE (ASPHE-RS), da qual integra a comissão editorial desde outubro de 2016. 

Eliane Peres, Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Professora Titular Aposentada da UFPel. Colaboradora do Programa de Pós-graduação (Mestrado e Doutorado), PPGE, da Faculdade de Educação da UFPel. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Londrina (1989), Especialização em Educação pela Universidade Federal de Pelotas (1992), Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995) e Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2000), com Estágio no Exterior (PDEE) na Universidade de Lisboa ("doutorado-sanduíche"). Realizou estágio de pós-doutorado (com bolsa CAPES) na University of Illinois at Urbana-Champaign (USA) em 2011-2012. Foi Fulbright Visiting Professor na University of Texas at San Antonio, USA, em 2018. Foi professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas entre os anos de 1991 e 2020. Desde 2001 atua no PPGE dessa mesma instituição. Foi tutora do Grupo PET/Educação (Programa de Educação Tutorial-MEC/SESU) entre 2007 e 2009. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Alfabetização, Alfabetização e Letramento, atuando principalmente nos seguintes temas: história da alfabetização, história da cultura escrita, práticas de leitura e escrita, alfabetização e letramento, livros escolares e formação de professores. No PPGE atua na linha de pesquisa "Cultura Escrita, Linguagens e Aprendizagem". É líder do grupo de pesquisa HISALES (História da Alfabetização, Leitura, Escrita e dos Livros Escolares, CNPq) desde 2006. Foi, respectivamente, vice-coordenadora e coordenadora do GT 10 - Alfabetização, Leitura e Escrita, da ANPED (Vice-coordenadora em 2016-2017); (Coordenadora em 2018-2019 e atual, 2020-2021).

Referências

ARAÚJO, Emmanuel. A construção do livro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

BATISTA, Antônio Augusto Gomes. Um objeto variável e instável: textos, impressos e livros didáticos. In: ABREU, Márcia (org.). Leitura, História e História da Leitura. Campinas: Mercado das Letras, 1999. p. 529-575.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Livro didático e saber escolar (1810-1910). Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

BRINQUEDOS RAROS, 2021. Disponível em: https://www.brinquedosraros.com.br. Acesso em: 20 set. 2021.

BURKE, Peter. Testemunha ocular. História e Imagens. Bauru: Edusc, 2004.

BURKE, Peter. Testemunha ocular. O uso das imagens como evidência histórica. São Paulo: UNESP, 2017.

CHEGADA do Homem à Lua. Memória Globo, 2021. Disponível em: https://memoriaglobo.globo.com/jornalismo/coberturas/chegada-do-homem-a-lua/. Acesso em: 12 set. 2021.

COSTA, José Roberto V. Um brasileiro na Lua. Astronomia no Zênite, 19 jul. 2019. Disponível em: https://www.zenite.nu/um-brasileiro-na-lua. Acesso em: 20 set. 2021.

DARNTON, Robert. "O que é a história do livro?" revisitado. ArtCultura, Uberlândia, v. 10, n. 16, p. 155-169, jan./jun. 2008.

DARNTON, Robert. O beijo de Lamourette: mídia, cultura e revolução. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

ESCOLANO BENITO, Agustín. A escola como cultura: experiência, memória, arqueologia. Tradução de Heloísa Helena Pimenta Rocha e Vera Lucia Gaspar da Silva. Campinas: Alínea, 2017.

FOTOS PÚBLICAS. Os 50 anos do primeiro homem na Lua, 2021. Disponível em: https://fotospublicas.com/os-50-anos-do-primeiro-homem-na-lua/. Acesso em: 12 set. 2021.

KOSSOY, Boris. Fotografia e história. São Paulo: Editora Ática, 1989.

MACIEL, Francisca Isabel Pereira. Lúcia Casasanta e o método global de contos: uma contribuição à história da alfabetização em Minas Gerais. 2001. 179 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2001.

MUNAKATA, K. Produzindo livros didáticos e paradidáticos. 218 f. Tese (Doutorado em História e Filosofia da Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.

NATIONAL AERONAUTICS AND SPACE ADMINISTRATION (NASA). 2019. Disponível em: https://www.nasa.gov/. Acesso em: 15 ago. 2019.

PANOFSKY, Erwin. Iconografia e Iconologia: Uma introdução ao estudo da arte da Renascença. In: PANOFSKY, Erwin. Significado nas artes visuais. Tradução: Maria Clara F. Kneese e J. Guinsburg. 2 ed. São Paulo: Perspectiva, 1986. p. 47-65.

PENNEL, Mary E.; CUSACK, Alice M. Como se ensina a leitura. Tradução: Anadyr Coelho. Porto Alegre: Globo, 1935.

PERES, Eliane. Aprendendo formas de pensar, de sentir e de agir a escola como oficina da vida: discursos pedagógicos e práticas escolares da escola pública primária gaúcha (1909-1959). 2000. 506 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2000.

PERES, Eliane. O ensino da linguagem na escola pública primária gaúcha no período da renovação pedagógica (1930-1950). In: PERES, Eliane; TAMBARA, Elomar (org.). Livros escolares e ensino da leitura e da escrita no Brasil (séculos XIX-XX). Pelotas: Seiva Publicações, 2003.

PERES, Eliane. Autoras de obras didáticas e livros para o ensino da leitura produzidos no Rio Grande do Sul: contribuições à história da alfabetização (1950-1970). Educação Unisinos, São Leopoldo, v. 12, p. 111-121, 2008.

PERES, Eliane. Influências do pensamento norte-americano na produção de cartilhas para o ensino da leitura e da escrita no Rio Grande do Sul na década de 1960. In: MORTATTI, Maria do Rosário Longo; FRADE, Isabel Cristina Alves da Silva (org.). História do ensino de leitura e escrita, métodos e material didático. Marília: UNESP, 2014. p. 93-120.

PERES, Eliane; CÉZAR, Thais M. Divulgação e a adoção do método global de ensino da leitura no Rio Grande do Sul (1940-1970). In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO SUL-RIOGRANDENSE DE PESQUISADORES EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO - ASPHE, IX, 2003, Porto Alegre. Anais [...] Porto Alegre: Seiva/ASPHE, 2003. p. 173-185.

PERES, Eliane; PORTO, Gilceane Caetano. A produção e a circulação de cartilhas do método global de contos de ensino da leitura no Rio Grande do Sul (décadas de 40-70). In: LEAHY-DIOS, Cyana (org.). Espaços e tempos de educação. Rio de Janeiro: Brasa/C.L. Edições, 2004. p. 26-40.

PERES, Eliane; RAMIL, Chris de Azevedo. Cartilhas produzidas por autoras gaúchas: um estudo sobre a circulação e o uso em escolas do Rio Grande do Sul (1940-1980). Revista Brasileira de Alfabetização, v. 1, p. 177-203, 2015.

PERES, Eliane; RAMIL, Chris de Azevedo. Mulheres gaúchas autoras de livros didáticos (1940-1980): das deslembranças às lembranças. In: PERES, Eliane; RAMIL, Chris de Azevedo (org.). Produção e circulação de livros didáticos no Rio Grande do Sul nos séculos XIX e XX. Curitiba: Appris, 2018. p. 159-180.

PORTO, Gilceane Caetano. Divulgação e utilização do Método Global de Contos no Instituto de Educação Assis Brasil (Pelotas, 1940-1970). 2005. 150 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2005.

QUADROS, Claudemir de. Reforma, ciência e profissionalização da educação: o Centro de Pesquisas e Orientação Educacionais do Rio Grande do Sul. 2006. 429 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

RAMIL, Chris de Azevedo. A coleção didática Tapete Verde: do projeto à sua produção gráfica (década de 1970 – Rio Grande do Sul). 2013. 223 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2013.

RAMIL, Chris de Azevedo. A iconografia e a iconologia nos livros didáticos das Edições Tabajara: um estudo das imagens na Coleção Guri (Rio Grande do Sul, década de 1960). 2018. 398 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018.

RUSCHEL, Rosa Maria; BRAUN, Flávia E. Céu Azul - pré-livro. Porto Alegre: Edições Tabajara, 1970.

SAMAIN, Etienne. As peles da fotografia: fenômeno, memória/arquivo, desejo. Visualidades, Goiânia, v. 10, n. 1, p. 151-164, jan./jun. 2012.

VIEIRA, Cícera Marcelina; VAHL, Mônica Maciel; RAMIL, Chris de Azevedo; BORGES, Francieli Daiane Borges. A produção gaúcha de livros didáticos entre os anos de 1940 a 1980. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO SUL-RIO-GRANDENSE DE PESQUISADORES EM HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO - ASPHE, 19, 2013, Pelotas/RS. Anais [...] Pelotas, RS: UFPel, 2013. p. 1-15.

Publicado

2021-12-09

Como Citar

de Azevedo Ramil, C., & Peres, E. (2021). A CHEGADA DO HOMEM À LUA E A PRODUÇÃO DO PRÉ-LIVRO CÉU AZUL (RIO GRANDE DO SUL, EDITORA TABAJARA, 1970). Revista Brasileira De Alfabetização, (15), 28-46. https://doi.org/10.47249/rba2021490

Edição

Seção

TEMA LIVRE