A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NA FORMAÇÃO DE ALFABETIZADORES

ALTERNATIVAS PEDAGÓGICAS PARA ALFABETIZAÇÃO MEDIADAS PELAS TECNOLOGIAS

Autores

  • Luciene Cerdas UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.47249/rba2023689

Palavras-chave:

extensão universitária, alfabetização, formação docente, tecnologias de informação

Resumo

Objetiva-se discutir o potencial da extensão na formação de alfabetizadores comprometidos com os princípios de uma alfabetização em perspectiva discursiva. Parte-se da análise dos materiais e relatos produzidos pelos extensionistas do projeto Parceria escola e universidade na alfabetização das crianças e na formação inicial de alfabetizadores sobre suas vivências em classes de alfabetização, na parceria com professores de escolas públicas, entre 2020 e 2021. As propostas didáticas mediadas pela tecnologia, construídas por professores e extensionistas como alternativas pedagógicas no ensino remoto, garantiram a) A escuta atenta de crianças produtoras de discurso; b) a escrita como prática discursiva (posição de autoria); e c) a interatividade dos jogos como potencializadora da alfabetização.

Referências

AMORIM, Rejane.; CERDAS, Luciene. A autoria no processo didático pedagógico em meio digital. Revista Brasileira de Alfabetização. p.170 - 187, 2021. ISSN 2446-8584. https://doi.org/10.47249/rba2021453

BAKHTIN, Michael. Estética da criação verbal. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2018.

CERDAS, Luciene. Ser professor na pandemia: “Aula ao vivo está longe de ser nossa sala de aula”. Cadernos de Educação -UFPEL (Online). , v.1, p.1- 24, 2022. ISSN: 2178-079X Disponível em https://periodicos.ufpel.edu.br/index.php/caduc/article/view/23032

COLELLO, Silvia M. Gasparian. Alfabetização: o Quê, Porquê e Como. Summus Editorial, 2021a.

COLELLO, Silvia Maria Gasparian. Alfabetização em tempos de pandemia. Convenit Internacional, 35 jan-abr 2021b, Cemoroc-Feusp, p. 1-22. Disponível em https://12f7a472-3151-ab81-d2e6-789a72c3925c.filesusr.com/ugd/2fea7f_259163cf13e84da09193e6beb76a673e.pdf

Acesso em 27 out. 2022

CONTRERAS, José. Relatos de experiencia, en busca de un saber pedagógico. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto) Biográfica, Salvador, v. 01, n. 01, p. 14-30, jan./abr. 2016, Disponível em https://doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2016.v1.n1.p14-30 Acesso em 17 mar. 2023

GATTI, Bernardete, A. Possível reconfiguração dos modelos educacionais pós-pandemia. Estudos Avançados. 34 (100), set./dez. 2020, pp. 29-41. Disponível em: https://doi.org/10.1590/s0103-4014.2020.34100.003 Acesso em: 29 abr. 2022.

GERALDI, J. W. Alfabetização e letramento: perguntas de um alfabetizador que lê. In: ZACCUR, E. (org.). Alfabetização e letramento: o que muda quando muda o nome?. Rio de Janeiro: Rovelle, 2011, p.13-32.

GOULART, Cecília. Para início de conversa sobre os processos de alfabetização e de pesquisa. In: GOULART, Cecília.; GARCIA, Inez Helena Muniz; CORAIS, Maria Cristina. (org.) Alfabetização e discurso: dilemas e caminhos metodológicos. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2019, p. 13-45.

FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

MACEDO, Maria do Socorro Alencar Nunes (Org.) Retratos da alfabetização na pandemia da COVID-19: resultados de uma pesquisa em rede. São Paulo: Parábola, 2022, pp. 17-32. Disponível em https://www.dropbox.com/s/1yui7iko11h6h4s/Retratos.pdf?dl=0 Acesso em: 16 de ago. 2022.

OLIVEIRA, Sandra Alves de; PASSOS, Cármen Lúcia Brancaglion. Jogos e Resolução de Problemas na Formação Continuada e em Aulas de Matemática nos Anos Iniciais. Acta Scientiae, v.15, n.1, jan./abr. 2013.

PICCOLI, Luciana e CAMINI, Patrícia. Práticas pedagógicas em alfabetização: espaço, tempo e corporeidade; Erechim: Edelbra, 2012.

RODRIGUES, Roberta Pereira de Paula; CRUZ, Giseli Barreto. Extensão universitária e a formação de professores no curso de pedagogia: (dis)Posições para além das competências. Formação em Movimento. v.3, i.1, n.5, jan./jun. 2021, p.165-186. Disponível em https://doi.org/10.38117/2675-181X.formov2021.v3i1n5.165-186 Acesso em 23 mar. 2023.

SMOLKA, Ana Luíza Bustamante. A criança na fase inicial da escrita. São Paulo (SP): Cortez, 2012.

SOARES, Magda. Como fica a alfabetização e o letramento durante a pandemia?. [Entrevista cedida a] Emy Lobo. Futura. 08/09/2020. Disponível em https://www.futura.org.br/como-fica-a-alfabetizacao-e-o-letramento-durante-a-pandemia/?print=1 Acesso em 19 mar. 2023

UNDIME. Pesquisa Undime sobre Volta às Aulas, 2021. pp. 1-33. Disponível em https://undime.org.br/uploads/documentos/php0Sa2CH_61525521f2250.pdf Acesso em: 28 ago. 2021.

VIGOTSKI, Lev Semyonovich. Imaginação e criação na infância: ensaio psicológico São Paulo: Expressão Popular, 2018.

VOLÓCHINOV, Valentin. (Círculo de Bakhtin). Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Editora 34, 2018.

ZABALZA, Miguel A. Diários de aula: um instrumento de pesquisa e desenvolvimento profissional. Porto Alegre: Artmed, 2014.

Publicado

2023-12-04

Como Citar

Cerdas, L. (2023). A EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA NA FORMAÇÃO DE ALFABETIZADORES: ALTERNATIVAS PEDAGÓGICAS PARA ALFABETIZAÇÃO MEDIADAS PELAS TECNOLOGIAS. Revista Brasileira De Alfabetização, (21), 1-19. https://doi.org/10.47249/rba2023689

Edição

Seção

ARTIGOS